Força-tarefa da PF cumpre mais de 600 mandados de busca e apreensão e de prisão contra crime organiz

Está em andamento nesta manhã de segunda-feira (31 de agosto) uma mega operação coordenada pela Polícia Federal (PF), denominada de Caixa Forte, contra uma facção criminosa ligada ao tráfico de drogas. Foram bloqueados um montante de aproximadamente R$ 252 milhões em contas ligadas ao Primeiro Comando da Capital (PCC).

De acordo com as informações da PF, estão sendo cumpridos 422 mandados de prisão, sendo parte deles (173) contra pessoas que já estão detidas e outro número significativo de mandados de busca e apreensão, totalizando mais de mais de 600 ordens judiciais.

As ordens são cumpridas em 19 estados no Distrito Federal. Os estados são: Acre, Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo.

O comando da força-tarefa da PF informou que esta é a maior operação da corporação em número de estados, mandados e valores apreendidos. Num único endereço os agentes agentes encontraram R$ 2 milhões e US$ 730 mil em espécie.

Entre os alvos estão integrantes do PCC, familiares e outras pessoas responsáveis por lavar dinheiro para a organização. O estado com o maior número de mandados de prisão é o Paraná, com 101.

 Confira a matéria completa no Portal de Notícias G1

#CombateàCorrupção #CrimeOrganziado #OperaçãodaPF #PolíciaFederal

Comente este post