Concursados da ALERR fazem manifestação em frente ao Poder Legislativo cobrando convocação

Os concursados da Assembleia Legislativa de Roraima (ALERR), que há dois anos esperam ser convocados para assumirem seus cargos, fizeram uma manifestação pacífica em frente à sede daquele Poder, na manhã desta terça-feira (1º de setembro).

Os manifestantes instalaram barracas de camping na calçada da ALERR, mas foram expulsos pela Polícia Legislativa e por seguranças do presidente da Casa, deputado Jalser Renier (Solidariedade).

A alegação para mandar retirar as barracas é que ali se trata de uma área de segurança institucional. Os manifestantes, por sua vez, invocaram o direito constitucional à livre manifestação, mas, mesmo assim, foram convidados a deixar o local.

Eles foram orientados a montar suas barracas e a se concentrar do outro lado da rua, na Praça do Centro Cívico, onde sempre acontecem as manifestações e atos públicos.

Na semana passada, este Blog publicou matéria mostrando a indignação dos 38 candidatos aprovados no concurso da ALERR que ainda aguardam sua convocação.

Enquanto isso, o Poder Legislativo de Roraima conta com 2.665 servidores comissionados e apenas 71 efetivos, contratados mediante concurso público.

O gasto mensal com o pagamento dos proventos desses servidores pela Assembleia Legislativa é de R$ 6.978.445,45.

Os concursados da Assembleia armaram barracas de camping na calçada daquele Poder, mas foram orientados a deixar o local por se tratar de área de segurança institucional

Depois de quase 2 anos, concursados da ALERR ainda aguardam convocação

Envie sua sugestão de pauta para o Blog:

Conversar no WhatsApp

#PoderLegislativo #PolíticaemRoraima #AssembleiaLegislativa #ConcursadosdaAssembleia #Roraima

Comente este post