Mecias de Jesus é relator de projeto que ressarce consumidores de energia do Amapá. Ele alerta para

O senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) é o relator do projeto de autoria do senador Lucas Barreto (PSD-AP), que institui benefício aos consumidores de energia elétrica do Estado do Amapá, que tiveram suprimento de energia interrompido em razão de incidente ocorrido no dia 3 de novembro de 2020, na subestação de Macapá, e obriga a instalação de mecanismo de segurança nos estados produtores de energia elétrica.

Em seu relatório, Mecias aponta que a crise energética pela qual passa o estado do Amapá é absolutamente grave e com consequências danosas imensuráveis à população.

“Ainda, com o retorno gradual da energia e a utilização do sistema de rodízios, o patrimônio da população tem sido danificado, com perda de equipamentos elétricos, eletrônicos e eletromecânicos”, pontuou Mecias.

O senador destacou que o sistema de abastecimento energético de Roraima é absolutamente precário e há anos que a população espera por políticas públicas e medidas governamentais definitivas para evitar apagões e grandes interrupções do sistema de energia.

“Este drama vivenciado pela população roraimense tem causado enormes prejuízos materiais e morais as pessoas que vivem com o temor da calamidade pública”, disse.

Emendas

O senador também apresentou um total de quatro emendas, como forma de aprimorar o Projeto e beneficiar um maior número de consumidores e até mesmo resguardar todos os estados e o Distrito Federal de futuros problemas como o ocorrido em Amapá.

Uma delas foi a inclusão dos consumidores rurais como beneficiários do crédito equivalente ao valor cobrado na fatura mensal pela empresa distribuidora de energia.

Outra emenda importante é a que assegurar o crédito já referido, aos consumidores de energia elétrica dos Estados e do Distrito Federal, residenciais, industriais, comerciais e rurais que tiverem o suprimento de energia interrompido com indicadores de continuidade causadores de calamidade pública.

“Esta emenda é de extrema relevância para os Estados e o Distrito Federal que possam vivenciar o drama da falta de abastecimento energético e o risco de colapso semelhante ao Estado do Amapá. Assim, a proposição visa proteger de forma preventiva os consumidores dos respectivos entes em situações análogas”, detalha o senador em seu relatório.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Conversar no WhatsApp

#Amapá #ANEEL #FaltadeEnergia #BlecautenoAmapá #PolíticaNacional #MeciasdeJesus

Comente este post