Governo já enquadrou 3.716 professores. Sinter diz que vai continuar lutando por demandas

O Governo de Roraima já fez o enquadramento de 3.716 professores, o equivalente a 77%% do total. Conforme planilha apresentada à diretoria do Sinter na reunião da última quinta-feira (19 de setembro) até 2017, foram enquadrados pela via administrativa 2.567 e por via judicial um total de 585. O governo informou que até outubro pagou as progressões verticais de 164 professores.

Na reunião com a diretoria do Sinter, o governador Antônio Denarium disse que o Estado tem feito um grande esforço para garantir o pagamento do salário mensal da categoria bem como a regularização desses pagamentos que estão sendo efetivados via judicial. Denarium disse que gradualmente irá pagar os direitos dos trabalhadores em educação.

Na prestação de contas feitas ao Sinter, Denarium anunciou o pagamento de R $ 1,9 milhão em progressões, retroativos e enquadramentos, por via judicial e administrativa, no decorrer dos últimos dois meses. Ele disse que o pagamento gradual desses itens continuarão acontecendo até que todos tenham recebido os seus direitos.

Depois das explicações do governador e da secretária de Educação, Leila Perussolo, os dirigentes do Sinter lembraram que de fato os itens pagos nos últimos meses são fruto das reivindicações da categoria, através de demandas judiciais e administrativas. Agradeceram a Denarium a disposição do governo em repassar os dados numéricos para o sindicato.

“Na realidade, a reunião foi apenas um ato formal de repasse de informações sobre os pagamentos efetuados pelo governo nos últimos meses e uma demonstração de disposição em manter uma ponte de diálogo com a entidade representativa da categoria, na perspectiva de busca de soluções colegiadas para os problemas existentes que constam, inclusive, na pauta do Sinter”, disse a diretora do Sinter, Josefa Matos.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Conversar no WhatsApp

#AdministraçãoPública #PolíticaemRoraima #AntônioDenarium #GovernodeRoraima #EducaçãoemRoraima

Comente este post