Roraima é um dos estados com a menor taxa de ocupação na UTI

Na última quarta-feira, 14, a atualização do Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 da Fiocruz, apresentou boas notícias para Roraima. O estado é o único em todo país que apresentou baixa ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva ( UTI ), com apenas 40% dos leitos adultos ocupados.

Outros dezesseis estados se encontram com taxas de ocupação superiores a 90%, a capital Boa Vista também se encontra com 44%, logo à frente de São Paulo (84%). Manaus (73%) e João Pessoa (78%).

O Governo de Roraima está agindo para que os indicadores continuem positivos. Desde o início da pandemia, o Estado vem ampliando constantemente os leitos de UTI do HGR (Hospital Geral de Roraima Rubens de Souza Bento), com destaque para a recente entrega do Grande Trauma, que acrescentou mais 20 leitos de Terapia Intensiva para pacientes acometidos pela covid-19.

Merece destaque também a abertura do Hospital Estadual de Retaguarda para pacientes com critério clínico para continuar o tratamento na Unidade.

Através do mérito de todos os profissionais da saúde e do Governo do Estado, que sempre prioriza o melhor para Roraima, o Governo também está cumprindo seu papel com uma logística eficiente de distribuição de vacinas, contabilizando mais de 83 mil doses aplicadas, sendo 36.525 em idosos com 60 anos ou mais, que já apresentam resultados positivos, uma vez que a internação de idosos em UTI no Estado reduziram consideravelmente.

Para mais informações acesse o último Boletim Extraordinário do Observatório Covid-19 da Fiocruz  e também o vacinometro do estado através do link a seguir .

Com informações do Portal do Governo de Roraima

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: