PODCAST – Os donos do poder em Roraima e seus equívocos de sempre

No livro O Fim do Poder, o escritor e pensador Moisés Naím sustenta que o poder já não é mais como era antigamente e que os poderosos podem cada vez menos. “O poder está se degradando”, diz ele. O poder está mudando de mãos. Cada vez mais os poderosos podem menos, mas, ainda assim, há quem se sinta intocável e acima da lei, acima de todos.

Mas, não há como negar que, mesmo estando em degradação e em franca deterioração, o poder ainda encanta e seduz. Quem o alcança, seja pelo voto democrático, seja pela força, considera que pode fazer tudo o que bem entende. Não é exatamente assim. Numa democracia, o poder conferido pelo voto aos representantes de uma sociedade, deve ser exercido com zelo e honradez. Nossa Constituição de 1988 dita que o poder “deve ser exercido em nome do povo e pelo povo”. O bem-estar coletivo deve vir primeiro.

Mas muitos se esquecem dessa premissa e usam o poder de forma equivocada. O poder pelo poder gera tirania. Outros se lançam na busca pelo poder para se esconder atrás dele, com a expectativa equivocada de que ficarão imunes e impunes aos ditames da lei. Numa democracia, pensar assim é desconhecer a dinâmica do poder. Mais cedo ou mais tarde, o castelo de sonhos desaba.

Este episódio do podcast Direto da Macuxiland traz alguns exemplos de posturas equivocadas de pessoas que conquistaram o poder pelo voto, o que lhes dá influência e notoriedade, e, por isso, pensam, equivocadamente, que podem tudo. Até passar por cima de preceitos constitucionais, éticos e morais.

Aperta o play e confere o episódio. — Send in a voice message: https://anchor.fm/diretodamaccuxiland/message

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: