Presidente da Caer desmente chamada de sindicato para paralisação na segunda-feira

companha de águas e esgotos de roraima - caer
James Serrador: "A Caer atualmente é uma empresa equilibrada financeiramente, que paga rigorosamente em dias todos os direitos"

A direção do Sindicato dos Urbanitários (STIU-RR) aproveitou a tradicional data de 1⁰ de Maio, Dia do Trabalhador, para anunciar uma suposta greve dos funcionários da Companhia de Águas e Esgotos de Roraima (CAER) para a próxima segunda-feira (dia 3 de maio). O presidente da Companhia, James Serrador, diz em nota, no entanto, que a informação sobre a deflagração da greve não procede e que não existe nenhuma movimentação dos servidores e colaboradores da empresa em torno da chamada para paralisação.

James Serrador destaca na nota que “a Caer atualmente é uma empresa equilibrada financeiramente, que paga rigorosamente em dias todos os direitos, e não vai se curvar à tentativa do presidente do sindicato de prejudicar a Companhia, num momento de pandemia, e que de forma irresponsável, tenta a todo custo tumultuar o ambiente de trabalho”.

O pronunciamento público do presidente da Caer diz “que [os servidores] estão com salários em dia, adicionais todos devidamente pagos, diárias, horas extras e prêmio aposentadoria”, devidamente pagos. Segundo James, foi agendada para a próxima segunda-feira uma reunião com os colaboradores para apresentar as propostas do novo acordo coletivo de trabalho.

“O novo acordo coletivo já está minutado com a proposta da empresa, incluindo todos os benefícios a serem oferecidos aos trabalhadores, como a correção do Índice Nacional de Preços, aumento no vale alimentação e correção no valor do auxílio creche”, diz a nota emitida pela direção da Companhia.

Confira a Nota de Esclarecimento na íntegra

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Caer informa que esta informação não procede e que não há movimentação alguma na empresa por parte dos colaboradores, que estão com salários em dia, adicionais todos devidamente pagos, diárias, horas extras e prêmio aposentadoria.

Na próxima segunda-feira, 3 de maio, às 8h, a diretoria da Companhia já agendou reunião com os colaboradores para apresentar as propostas do novo acordo coletivo.

Por Lei, o acordo coletivo anterior estará em vigor, enquanto não for aprovado o outro, e todos os direitos dos trabalhadores da Caer estão sendo rigorosamente cumpridos. 

O novo acordo coletivo já está minutado com a proposta da empresa, incluindo todos os benefícios a serem oferecidos aos trabalhadores, como a correção do Índice Nacional de Preços, aumento no vale alimentação e correção no valor do auxílio creche.

A diretoria da empresa mantém excelente relação com os colaboradores, exceto com o presidente do Sindicato que trabalha de maneira a atrapalhar o desenvolvimento da Companhia, inclusive, financeiramente, com ações judiciais e pedido de multa.

A gestão tem buscado recuperar a empresa, porém, o Sindicato atua de maneira a prejudicar a boa relação entre diretoria e colaboradores, que estão irmanados em prol da boa prestação dos serviços à população.

Ressalta que esta manifestação do Sindicato não representa a vontade dos colaboradores da Caer, uma vez que, num universo de 800, apenas 250 são sindicalizados.

De maneira que, não haverá paralisação ou qualquer prejuízo aos serviços à população. 

A Caer atualmente é uma empresa equilibrada financeiramente, que paga rigorosamente em dias todos os direitos, e não vai se curvar à tentativa do presidente do sindicato de prejudicar a Companhia, num momento de pandemia, e que de forma irresponsável, tenta a todo custo tumultuar o ambiente de trabalho.

Boa Vista, 1° de Maio de 2021

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: