ABANDONO DE CRIANÇAS RECÉM-NASCIDAS: um dos efeitos tristes da imigração venezuelana em RR

 ABANDONO DE CRIANÇAS RECÉM-NASCIDAS: um dos efeitos tristes da imigração venezuelana em RR

Tânia Soares fala sobre o abandono de crianças recém-nascidas de mães venezuelanas

Compartilhe nosso conteúdo!

Os efeitos da imigração venezuelana em Roraima tem sido diversos e preocupantes. Um dos mais cruéis deles chegou ao meu conhecimento exatamente nesta quarta-feira (21 de outubro). Muitas crianças recém-nascidas estão sendo abandonadas pelas jovens mães venezuelanas, logo depois do parto, e ficam aos cuidados do Estado, no Abrigo Infantil mantido pela Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social (Setrabes).

A secretária Tânia Soares disse, em entrevista a este editor, que muitas mães que têm tido seus filhos na maternidade abandonam as crianças. Aí começa a saga dos técnicos da pasta para tentar encontrar as famílias das crianças. Essa situação de abandono tem sido cada vez mais frequente.

“Tem ocorrido muitos casos de abandono recém-nascidos por mães venezuelanas. Nós temos dentro dos nossos abrigos crianças de zero a 12 anos e algumas delas com deficiência”, disse, destacando que a Setrabes também tem dado abrigo a crianças indígenas.

A Assistência para essas crianças venezuelanas e indígenas é prestada a partir de parcerias com várias agências internacionais que trabalham no apoio aos imigrantes.

Uma vez identificado o caso de abandono, a equipe técnica da Setrabes tenta identificar os motivos que levaram à separação das crianças da sua família. No caso dos recém-nascidos, quando a família não é localizada, elas são encaminhadas para adoção.

De acordo com o que disse a secretária Tânia Soares, a pasta atende todas as crianças e adolescentes venezuelanos desassistidos, desacompanhadas e separadas de suas famílias. “Muitos adolescentes chegam a Roraima sem as suas famílias, desamparadas e desassistidas pelas famílias”, disse Tânia.

Algumas essas crianças e adolescentes são reintegradas às suas famílias, com o apoio das agências internacionais. Outras, ficam no abrigo, recebendo os cuidados do governo.

Tânia Soares fala sobre o abandono de crianças recém-nascidas de mães venezuelanas

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Digiqole ad

Comments

0 comments

Luiz Valério

http://luizvalerioblog.wordpress.com

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, Região do Cariri (CE). Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Leia mais conteúdo

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Está no ar o novo episódio do Podcast Direto ao Ponto - Bastidores do primeiro turno e as arrumações para o segundo em Boa VistaOUÇA NO SPOTIFY
+
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x