Acusados de homicídio qualificado serão submetidos ao tribunal do Júri

homicídio praticado a marteladas na cabeça
A vítima foi morte com golpes de martelo na cabeça - Imagem meramente ilustrativa

O Ministério Público do Estado de Roraima (MPRR), por meio da Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri, obteve sentença de pronúncia favorável referente à Ação Penal Pública movida contra Jonas Castilho Carneiro e Landerson Simão de Abreu, que são acusados de homicídio qualificado praticado por meio cruel, utilizando recurso que dificultou a defesa da vítima, crime inserido no âmbito da violência doméstica, configurando feminicídio. 

Jonas Castilho, conhecido como “Formen”, e Landerson Simão de Abreu, mataram Kelly Cristina Castilho Carneiro, mãe de Jonas, no dia 15 de agosto de 2020. O crime aconteceu na casa da vítima, na zona oeste de Boa Vista. Na época, o caso gerou comoção na cidade pelo grau de violência praticado. Kelly foi morta a golpes de faca pelo corpo e marteladas na cabeça.

“O crime bárbaro praticado pelos denunciados ocorreu por razões da condição de sexo feminino, haja vista o âmbito da violência doméstica e familiar, com Jonas, habitual ofensor no ambiente doméstico, atacando a mãe na casa dela”, narra trecho das Alegações Finais do MPRR. 

Após o assassinato, os réus ainda furtaram o celular da vítima e o venderam logo depois para uma senhora conhecida da família. 

Jonas e Landerson devem ir a julgamento pelo Tribunal do Júri. A pedido do Ministério Público, eles permanecerão presos no sistema prisional de Roraima. Caso sejam condenados à pena máxima, cada um pode pegar 38 anos de reclusão.

Com informações do Ministério Público Federal

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: