Bolsonaro sanciona lei que aumenta em 5% limite de crédito consignado

Novo limite vale até o final deste ano, em função da pandemia

Aumentou a margem para empréstimos consignados, com desconto na folha de pagamento, de servidores e empregados públicos, militares, aposentados e pensionistas do INSS. A lei que amplia esse limite foi sancionada, nesta quarta-feira (31), pelo presidente Jair Bolsonaro.

O limite do salário ou pensão comprometido com empréstimos passa de 35% para 40%, sendo 5% exclusivamente para operações de cartão de crédito. O novo limite vale até o final deste ano, em função da pandemia, e teve origem em uma Medida Provisória editada pelo próprio governo e aprovada pelo Congresso Nacional.

A sanção alcança também os servidores dos estados e municípios caso não haja leis locais que permitam um percentual maior. O crédito consignado é descontado diretamente do contracheque da pessoa que toma o empréstimo. Por isso, é uma modalidade que apresenta geralmente as menores taxas de juros do mercado por causa do baixo risco de inadimplência.

Durante a tramitação na Câmara dos Deputados, foi incluída nas regras a possibilidade de carência de até 120 dias para novos empréstimos ou nos casos de renegociação.

A nova lei também autoriza a concessão, pelo INSS, do auxílio por incapacidade temporária sem necessidade de perícia presencial, apenas por meio de atestado médico e de documentos complementares que comprovem a doença informada como causa da incapacidade.

Nesse caso, o pagamento do auxílio não poderá ter prazo superior a 90 dias.

Fonte: Agência Brasil

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: