Candidatos por Alto Alegre e Boa Vista com patrimônio superior a R$ 300 mil receberam auxílio emerge

Onze candidatos a vereador pelo município de Boa Vista e um candidato a vice-prefeito por Alto Alegre, em Roraima, aparecem na lista de concorrentes a cargos eletivos nas eleições 2020 que declararam possuir patrimônio superior a R$ 300 mil e, mesmo assim, receberam o auxílio emergencial do Governo Federal. A lista foi divulgada pelo Tribunal de Contas da União (TCU) esta semana por determinação do ministro Bruno Dantas.

O TCU fez um cruzamento de dados amplo, o que possibilitou a identificação de 10,7 mil candidatos nessa situação e outros 1,3 mil com patrimônio superior a R$ 1 milhão e que obtiveram o benefício durante a pandemia do Novo Coronavírus.

O candidato Raimundo Nonato Mourão de Melo, que é concorre ao cargo de vice-prefeito no município de Alto Alegre e tem bens avaliados em R$ 490 mil, recebeu R$ 1.200 de auxílio federal.

Um dos candidatos que almejam conquistar uma vaga na Câmara Municipal de Boa Vista é Edivan da Silva, que, segundo o TCU, tem bens estimados em R$ 2.385.000,00. Ele recebeu R$ 600,00 de auxílio emergencial. Com um patrimônio avaliado em R$ 900 mil, o candidato Manoel Messias Alves Ferreira recebeu R$ 1.800 relativos ao benefício.

Na mesma situação está a candidata Vânia Maria Araújo Pinheiro, cuja soma de bens, segundo os dados divulgados pelo TCU, é de R$ 800 mil. Ela também recebeu R$ 600 reais da verba emergencial distribuída pelo governo para famílias prejudicadas pela pandemia de Covid-19.

Consta na lista ainda o nome da candidata Carmem Lucia Morais Lopes, cuja soma dos bens totaliza R$ 700 mil. Ela foi a que mais recebeu dinheiro do Govenro Federal a título de auxílio emergencial, num valor total de R$ 3.600,00.

O ex-vereador por Boa Vista e candidato uma das vagas no Legislativo da Capital roraimense, Idinaldo Cardoso da Silva (Dunga), que tem bens estimados em R$ 400 mil, segundo o TCU, também recebeu R$ 1.800 de auxílio emergencial.

Candidatos a vereador de Roraima que têm patrimônio com valor superior a R$ 300 mil e que receberam auxílio emergencial

Outros candidatos a vereador por Boa Vista, com bens avaliados em mais de R$ 300 mil e que constam na lista divulgada pelo TCU são: Alaí Amário da Silva; Josué Costa da Silva; Maressa Cruz de Souza; Maria Luiza Ferreira dos Santos; Rosinalva Lopes dos Santos; e Wellington Mariano Assis.

Para não cometer nenhum tipo de injustiça, o ministro Bruno Dantas diz em seu despacho que “não se pode olvidar, contudo, o risco de erro de preenchimento de informações por parte dos candidatos, bem como de fraudes estruturadas com dados de terceiros, eventos dos quais o Ministério da Cidadania demonstra ter plena percepção da probabilidade de ocorrência e para os quais se espera que haja controles internos mitigadores”.

Dantas destaca ainda que a lei que criou o auxílio emergência, inicialmente, não estabeleceu restrições em relação ao valor do patrimônio dos beneficiários do auxílio. Mas a medida provisória editada pelo governo em setembro prorrogou o benefício ao instituir o auxílio emergencial residual, corrigiu essa falha.

A MP estabeleceu que “o auxílio emergencial residual não será devido ao trabalhador beneficiário que tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, incluída a terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil”.

Baixe a lista completa com os nomes dos candidatos que receberam auxílio emergencial

Com informações do Correio Braziliense

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Conversar no WhatsApp

#BoaVista #CandidatosaVereador #EleiçõesMunicipais #Eleições2020 #AltoAlegre #CorridaEleitoral

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: