sábado , janeiro 25 2020
Início / Blog do Luiz Valério / Conheça o calendário do Bolsa Família para 2020
governo_divulga_pagamentoP_do_bolsa_família
O calendário de pagamento do programa Bolsa Família para este ano foi divulgado nesta quinta-feira (2) pelo governo federal

Conheça o calendário do Bolsa Família para 2020

O governo federal já disponibilizou o calendário do Bolsa Família para este ano de 2020. O primeiro pagamento do ano será feito no dia 20 de janeiro, quando receberão o benefício as famílias cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 1.

Quem tem cartão com final 2 pode sacar o benefício no segundo dia de pagamento, e assim por diante, até o dia 31.

Segundo a Caixa Econômica Federal, que administra os pagamentos, 13,1 milhões de famílias foram atendidas pelo Bolsa Família em dezembro.

O desembolso no mês passado foi de R$ 2,5 bilhões com os pagamentos normais, além de outros R$ 2,5 bilhões com a 13ª parcela, paga pela primeira vez desde a criação do programa.

Em fevereiro, os primeiros pagamentos serão feitos no dia 12 e seguem até o 28 de fevereiro. O calendário completo pode ser conferido abaixo:

Este é o calendário de pagamento do programa Bolsa Família para 2020.

O Bolsa Família foi criado em 2003 como programa de distribuição de renda para famílias com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa, consideradas em situação de extrema pobreza, e aquelas com renda mensal entre R$ 89,01 e R$ 178,00, que se enquadram como famílias em situação de pobreza.

Com informações da Agência Brasil

0 Reviews

Write a Review

Sobre Luiz Valério

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense. Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Confira também

jair-bolsonaro-sanciona-loa-com-2-bilhoes-para-partidos

Bolsonaro alimenta voracidade de partidos por dinheiro público para campanha eleitoral

Os partidos políticos do Brasil têm uma fome voraz por dinheiro e os últimos governos, barganhando a governabilidade no chamado presidencialismo de coalizão têm cedido a esse apetite sem limites. Mesmo tendo feito campanha afirmando que implantaria uma nova política no país, o presidente Jair Bolsonaro continua fazendo o jogo dos partidos. Ele sancionou sem vetos a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2020, destinando R$ 2 bilhões para o financiamento de campanhas eleitorais.