CULTURA – A história de um menino que fez da música a sua vida

O cantor e intérprete Halisson Crystian, 43 anos, já esbanjava talento aos 13 anos, numa época pré-shows de calouros badalados da TV.

Revestido do seu timbre de voz inconfundível e armado com seu inseparável violão, ele participava de festivais de música na Boa Vista de 1995, chegando à finalíssima com cantores já renomados no cenário artístico local.

Filho de pai e mãe cantores, Halisson tem as notas musicais viajando na sua corrente sanguínea e impressas no seu DNA.

Foi dele a primazia de eternizar tons e melodia aquela que é considerada o hino extraoficial de Boa Vista, a música Cidade do Campo, composição de Eliakin Rufino. Não há outra interpretação que tenha criado uma identidade tão forte com a cidade, como a de Halisson.

Vivendo num ambiente peculiar, composto por um estado (ex-Território Federal) encravado no Extremo Norte do Brasil, no meio da ilha das Guianas, na Amazônia Brasileira – um lugar um tanto esquecido do resto do Brasil, mas rico em natureza exuberante, minérios preciosos e joias da arte musical – o menino se tornou homem e o homem se fez um artista completo.

Halisson Crystian fez da música sua profissão de fé. “A música nunca me deu fortuna, mas me deu o prazer de ser quem eu sou e de viver do que eu gosto”, diz ele neste episódio do Macuxicast.

Aperta o play e confere a conversa que eu, Edgar Borges e Zanny Adairalba tivemos com esse grande artista roraimense.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Conversar no WhatsApp

#Cultura #Macuxicast #Arte #CulturadeRoraima #Podcast

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: