Direção da Maternidade diz que denunciante se negou a formalizar queixa e a entregar marmita para an

A direção do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth se pronunciou sobre a denúncia feita por Grazy Maia ao blog sobre o fornecimento de comida estragada aos pacientes e acompanhantes. Em nota, a direção da unidade afirma que a denúncia foi acompanhada pelas equipes de Nutrição e de Supervisão Administrativa da Unidade.

Ainda de acordo com a nota enviada ao Blog, “a denunciante se recusou a fornecer a marmita para análise e também a fazer o relato por escrito até para ter respaldo”.

A direção da Maternidade informa ainda que a empresa responsável pelo fornecimento da alimentação das pacientes foi acionada e também solicitou a marmita para verificação, mas a denunciante persistiu na recusa em repassar o material.

“A direção reforça que as refeições seguem um processo rigoroso de produção, conforme as normas sanitárias preconizadas na RDC 216/04, sempre alcançando resultados satisfatórios”, diz a nota.

Conforme as explicações apresentadas ao Blog, todo o preparo das refeições é acompanhado pelo setor de Nutrição, até a entrega final dos alimentos. “A equipe faz a fiscalização, verificação e acompanhamento de todo o processo, para que garantir a melhor qualidade possível”, finaliza a nota.

Sobre a denúncia

Grazy Maia procurou o blog, na noite desta sexta-feira (28 de agosto) afirmando ter encontrado tapurus na marmita servida a sua amiga na note desta sexta-feira (28 de agosto). Ao comer do conteúdo da marmita. Ao manipular os pedaços de frango encontrou maus bichos.

Mulher denuncia ter recebido comida estragada na Maternidade Nossa Senhora de Nazareth

Leia a íntegra da nota enviada ao Blog pela Direção da Maternidade Nossa Senhora de Nazareth

NOTA

A direção do Hospital Materno Infantil Nossa Senhora de Nazareth informa que a referida denúncia foi acompanhada pelas equipes de Nutrição e de Supervisão Administrativa da Unidade; e a denunciante se recusou a fornecer a marmita para análise e também a fazer o relato por escrito até para ter respaldo.

Ressalta que a empresa foi acionada e também solicitou a marmita para verificação, porém a denunciante persistiu na recusa em repassar o material.

A direção reforça que as refeições seguem um processo rigoroso de produção, conforme as normas sanitárias preconizadas na RDC 216/04, sempre alcançando resultados satisfatórios.

Todo o preparo é acompanhado pelo setor de Nutrição, até a entrega final dos alimentos. A equipe faz a fiscalização, verificação e acompanhamento de todo o processo, para que garantir a melhor qualidade possível.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Conversar no WhatsApp

#ComidaEstragada #GovernodeRoraima #MaternidadeNossaSenhoradeNazareth #SaúdePública

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: