Estados Unidos acusam Maduro de envolvimento com narcotráfico e oferecem US$ 15 milhões para quem entregá-lo

boa-vista-130-anos-2

A cabeça do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, foi colocada a prêmio pelo Departamento de Justiça dos EUA, que apresentou acusações criminais contra o ditator venezuelano e outras autoridades do país vizinho nesta quinta-feira (26).

Maduro está sendo acusado pelos Estados Unidos de ter envolvimento com narcotráfico.

Com essa justificativa, o Departamento de Estado americano ofereceu uma recompensa de US$ 15 milhões para que oferecer informações precisas que levem à captura do líder chavista.

Diga-se que a acusação contra um chefe de Estado é uma ação rara dos EUA e marca o endurecimento do tom do discurso contra Maduro por Washington.

Essa mudança de postura do governo dos Estados Unidos ocorre num momento em que algumas autoridades americanas apontam que o presidente Donald Trump está cada vez mais frustrado com os resultados de sua política na Venezuela.

A América e dezenas de outros países reconheceram Juan Guaidó, líder da oposição na Venezuela, como presidente legítimo do país. Mas Maduro permaneceu no poder, apoiado pelas forças armadas do país e por Rússia, China e Cuba.

A acusação contra Maduro e outras autoridades alega que eles conspiram com o grupo guerrilheiro colombiano FARC para enviar grandes quantidades de cocaína para os Estados Unidos e outros países.

Com informações do The New York Times

Leave your vote

Comentários

0 Comentários

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend