Ex-deputado Eduardo Cunha tem prisão preventiva revogada pelo TRF4

O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, durante sessão plenária para análise e discussão da Reforma Política (Gustavo Lima / Câmara dos Deputados)

O Tribunal Regional Federal da Quarta Região (TRF4), revogou, nesta quarta-feira (28), a prisão do ex-deputado federal Eduardo Cunha, réu em processos relacionados à operação Lava Jato.  Na decisão, os desembargadores revogaram a prisão preventiva que havia sido decretada em outubro de 2016 pela 13ª Vara Federal de Curitiba.

A 8ª Turma do TRF4 determinou a retirada da tornozeleira eletrônica, mas manteve a proibição de Cunha, que tem cidadania italiana, de sair do Brasil. Com a decisão, ex-deputado federal terá que entregar todos os seus passaportes à Justiça.

A decisão de revogar a prisão preventiva do ex-deputado, que foi unânime no Tribunal, atendeu a um pedido de habeas corpus impetrado pela defesa de Cunha.

Em nota, a defesa disse que a decisão faz justiça ao ex-presidente da Câmara dos Deputados. Ainda em nota, os advogados de Cunha, Ticiano Figueiredo, Pedro Ivo Velloso, Rafael Guedes e Délio Lins e Silva, ressaltam que o resultado mostra que as operações da Lava Jato não podem ser baseadas em presunções como forma de fundamentar prisões preventivas e que as regras do processo devem valer para todos: investigados, investigadores e juízes.

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: