ExxonMobil amplia para mais de 8 bilhões de barris de petróleo exploração em apenas uma jazida na Guiana

O site do Jornal Guayana Chronicle publicou nesta terça-feira (28 de janeiro) que a gigante petrolífera ExxonMobil aumentou sua estimativa de extração de petróleo no bloco Stabroek para mais de 8 bilhões de barris. Esse número é equivalente ao que a empresa anunciou em sua 16ª descoberta de petróleo no poço Uaru na segunda-feira.

Mark Bynoe, diretor do Departamento de Energia da Guiana, comemorou o novo anúncio da petolífera. Segundo Bynoe, seu Departamento continua comprometido em trabalhar com os parceiros e ecossistema de agências, para garantir que os benefícios do setor, sejam diretos ou indiretos, alcancem toda a população guianense.

“Todos os guianenses devem dar boas-vindas a esta nova descoberta e devem começar a perceber que o país está à beira grande transformação econômica e desenvolvimento sustentado, disse Mark Bynoe.

campanha julho cathedral

Outra descoberta da Exxon

No poço de Uaru a ExxonMobil encontrou aproximadamente 29 metros de reservatório de arenito de alta qualidade e foi perfurado em 6.342 pés (1.933 metros) de água. Sua localização fica a aproximadamente 16 quilômetros a nordeste do campo de Liza, que iniciou a produção de petróleo em dezembro de 2019.

Bynoe comentou ainda ao site do Jornal Guayana Chronicle que devido a já iniciada exploração de petróleo no país, houve um impulsionamento na geração de vagas de trabalho e serviços na Guiana.

“Esperamos um aumento desses benefícios durante a Década de Desenvolvimento (2020-2029), que visa garantir que os recursos petrolíferos do país sejam utilizados para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos e reter maior valor do setor para Guiana e Guiana”, afirmou.

A petrolífera ExxonMobil ampliou sua estimativa de extração de petróleo para mais de 8 bilhões de barris na jazida Stabroek – Imagem – Guayana Chronicle

ExxonMobil diz que vai aumentar investimentos na Guiana

De acordo com o jornal guianense, essa nova estimativa significa um aumento de 2 bilhões de barris em relação à estimativa anterior. A ExxonMobil se seus parceiros têm feito sucessivas e bem-sucedidas descobertas de petróleo nas águas marítimas da Guiana.

Em dezembro de 2019, a Exxon havia anunciado foi aproximadamente 50 metros de um reservatório de arenito de alta qualidade no poço perfurado em 1.620 metros de água no poço Mako-1 no Bloco Stabroek.

Mike Cousins, vice-presidente sênior de exploração e novos empreendimentos da ExxonMobil, disse que com as recentes descobertas de alta qualidade em Tripletail e Mako a empresa vai ampliar seus investimentos no país de forma a beneficiar o povo da Guiana. “A descoberta de Uaru é outro passo positivo quando começamos uma nova década com a República Cooperativa da Guiana e nossos co-empreendedores.”

Exxon vai prestar contas no final de janeiro

Está previsto que a Exxon fará, no dia 31 de janeiro (sexta-feira), a apresentação dos seus resultados financeiros e operacionais no quarto trimestre de 2019. A apresentação será feita numa transmissão ao vivo (Live) do presidente e diretor executivo, Darren Woods, e do vice-presidente e secretário, Neil Hansen.

O Departamento de Energia da Guiana disse que até o final de junho, está prevista a produção 120.000 barris de óleo diariamente, referente da Fase 1 de Liza Dastiny, utilizando o Embarcação Flutuante de Armazenamento e Descarga de Produção (FPSO).

O governo da Guiana receberá no mínimo 2% de royalties sobre todo o petróleo produzido no Bloco mais 12,5% de lucro. A participação da Guiana no lucro do petróleo aumentará com a ampliação dos investimentos e operações da petrolífera no país.

Leia mais sobre a exploração de petróleo na Guiana

Foto: O Petróleo

Leave your vote

Comentários

0 Comentários

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend