quinta-feira , fevereiro 20 2020
Fiscais da HEMHUR impediram Dannyew Thovanny de continuar vendendo sua água de coco no cruzamento das avenidas Ataíde Teive e Venezuela, em Boa Vista
Início / Boa Vista / Fiscais da Prefeitura de Boa Vista impedem trabalhador autônomo de vender água de coco na rua

Fiscais da Prefeitura de Boa Vista impedem trabalhador autônomo de vender água de coco na rua

Está repercutindo e se espalhando nas redes sociais como fogo em rastilho de pólvora a decisão equivocada da Prefeitura de Boa Vista de impedir um simples trabalhador autônomo de fazer a única coisa que sabe para ganhar seu sustento da sua família. Foi o que aconteceu com o vendedor de água de coco Dannyew Thovanny, que há sete anos vendia seu produto no cruzamento das avenidas Ataíde Teive e Venezuela, aqui em Boa Vista, e agora foi impedido de fazê-lo por fiscais do Município.

Uma dupla de fiscais da Empresa Municipal de Habitação e Urbanismo (EMHUR) abordou Dannyew Thovanny nesta sexta-feira (24 de janeiro) e deu a ordem para que ele se retirasse do local. Agora ele está impedido de comercializar a água de coco que mata a sede de centenas de motoristas que trafegam pelo local diariamente.

Ouvido pelo blog, Dannyew disse que tira seu sustento do produto (água de coco) que vende no mesmo lugar há sete anos. Ele contou que foi abordado bruscamente por fiscais da EMHUR que mandaram ele sair do local sem nenhum motivo.

Alegando que não estava fazendo nada errado, que já trabalhava naquele local há sete anos e que ocupava a calçada de uma propriedade particular, com a anuência do dono (uma loja de peças para veículos), Dannyew Thovanny disse que não tinha porque sair de lá. A reposta despertou a fúria dos fiscais, que foram até a loja, em cuja calçada ele estacionava seu carrinho com as garrafas de água de coco, e ameaçaram o gerente de autuar o estabelecimento, caso o vendedor não fosse impedido de permanecer ali.

Dannyew disse ao blog que está estudando o que vai fazer, pois é desse trabalho que tira o seu sustento. “Eu não estava pedindo, nem roubando nem traficando. Estava trabalhando honestamente. Agora vou ver o que vou fazer para contornar essa situação”, disse.

O episódio causou estranheza nas pessoas que dele tomaram conhecimento. O vereador Pastor Jorge (PSC) qualificou de absurda a ação dos fiscais, pois, segundo ele, não há motivos para impedir um trabalhador de ganhara o sustento de uma forma que não atrapalhava nem prejudicava ninguém.

“Aquele rapaz trabalha de forma organizada e bem educada. Sempre que passava lá, me deparava com ele sempre bem vestidinho, educado, abordando as pessoas com muita cortesia e hospitalidade. Não dá para entender os motivos de querer impedir um trabalhador como ele de ganhar o seu pão de cada dia de forma honesta”. A repercussão do caso nas redes sociais está intensa e a maioria dos comentários é de reprovação à ação dos fiscais municipais.

Veja a repercussão do caso de Dannyew Thovanny nas redes sociais

Galeria de imagens

Leave your vote

0 Reviews

Write a Review

Comentários

0 Comentários

Sobre Luiz Valério

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense. Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Confira também

homem-embrigadado-provoca-morte-de-menino-de-11-anos

Motorista bêbado e preso por matar criança disse ter consumido remédio

O servidor público César Carvalho Ormundo, de 30 anos, motorista do carro que matou João Lucas Duarte Marques de 11 anos relatou no boletim de vida pregressa que “ingeriu remédio” e costuma a frequentar “restaurantes e igrejas”.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend