domingo , fevereiro 16 2020
corona-virus-mata-259-pessoas-na-china
O governo da Guiana está combatendo a difusão de Fake News sobre a ocorrência de um caso do Coronavírus no País
Início / Guiana / Guiana decide fechar embaixada na China e planeja repatriar estudantes que estão naquele país

Guiana decide fechar embaixada na China e planeja repatriar estudantes que estão naquele país

Em decorrência do alastramento do Coronavírus na China e da decretação de estado de emergência global pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o governo da República Cooperativista da Guiana, vizinho de Roraima ao Norte, decidiu fechar sua embaixada em Pequim, capital do país. O Coronavírus já matou 259 pessoas na China, que anunciou um total de 11.791 infectados.

O fechamento da Embaixada da Guiana em Pequim foi confirmada pela ministra da Saúde Pública, Karen Cummings, em entrevista coletiva à imprensa do país vizinho nesta sexta-feira (31 de janeiro). “No momento, estamos tentando fechar a embaixada. Não estamos emitindo vistos”, disse Cummings. A Guiana não tem nenhum caso suspeito do Coronavírus.

A autoridade de Saúde Pública da Guiana, Volda Lawrence, afirmou, durante uma coletiva de imprensa conjunta entre o Ministério da Saúde Pública e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), na semana passada, que o país está preparado e equipado com o que é necessário para lidar com uma situação, se houver.

A Agência de Saúde Pública do Caribe (CARPHA) informou que os coronavírus são uma grande família de vírus que causam doenças que variam do resfriado comum a doenças mais graves, como a Síndrome Respiratória no Oriente Médio e a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS-CoV).

Até a noite de ontem um total de 250 pessoas tinham morrido em decorrência de infecção pelo Coronavírus na China. Destino de muitas pessoas vindas do país asiático, a Guiana passou a adotar medidas para fortalecer sua autoridade sanitária portuária.

O governo da Guiana também está planejando em repatriar os estudantes guianenses que estão na China. Caso sejam repatriados esses estudantes terão que ficar isolados em quarentena por 14 dias.

Com informações do jornal Guiana Chronicle

Foto: TYRONE SIU/Agência Brasil

Leave your vote

0 Reviews

Write a Review

Comments

0 comments

Sobre Luiz Valério

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense. Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Confira também

Guiana em alerta máximo para o coronavírus. Autoridades de saúde de Roraima começam a debater o assunto

O Estado de Roraima corre o risco da entrada do coronavírus pela fronteira com a República Cooperativista da Guiana. O jornal Guiana Times noticia nesta quarta-feira (29 de janeiro) que o país está em alerta máximo e seus portos estão sendo monitorados pelas autoridades de saúde locais.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend