Haroldo Cathedral viabiliza R$ 1 milhão para saúde de Boa Vista

O deputado Haroldo Cathedral (PSD-RR) garantiu a liberação de R$ 1 milhão para ser destinado à saúde de Boa Vista. O aporte financeiro é um recurso extra indicado pelo parlamentar junto ao Ministério da Saúde (MS) e foi repassado, integralmente, na primeira quinzena de janeiro à Prefeitura Municipal de Boa Vista.

Preocupado com os efeitos devastadores da pandemia de Covid-19 na saúde pública, Haroldo Catedral entende ser necessário buscar mais recursos para garantir o fortalecimento das ações contra o Novo Coronavírus.

“Neste momento de grande preocupação com a pandemia no nosso estado, esse investimento contribui para fortalecer de imediato a batalha contra à covid-19. Infelizmente, Roraima vem enfrentando situações muito preocupantes, como o aumento de casos e de internações nos hospitais. É recurso para auxiliar e dar suporte ao atendimento de média e alta complexidade na nossa capital”, ponderou o deputado.

O recurso extra foi indicado pelo parlamentar dentro do grupo de custeio de ações e serviços de saúde do Bloco de Financiamento da Atenção à Saúde de Média e Alta Complexidade, Ambulatorial e Hospitalar (MAC).

O valor integral do recurso foi repassado à Prefeitura de Boa Vista por meio da Ordem Bancária 2021OB800010 e Ordem de Pagamento nº 25000.184687/2020-18.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog:

luiz.valerio.silva@gmail.com | (95) 99135-8757

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: