IMPRENSA URGENTE

ANÚNCIO PMBV JULHO

RH fora do ar
Os internautas que estavam se acostumando a ler o Roraima Hoje na internet tiveram uma surpresa desagradável na manhã de ontem: ao acessar o endereço do site (www.roraimahoje.com.br) não encontraram o jornal disponível na rede mundial de computadores. Trata-se de uma situação desagradável, mas plenamente justificável, segundo a equipe responsável pelo serviço. Problemas técnicos junto ao provedor impediram a disponibilização das matérias on line, como já ocorria há quase um mês. O impasse está sendo contornado para que o RH retorne, em breve, a ser lido diretamente da sua tela. Nos dias de hoje, os leitores não dispensam a comodidade de ter tudo ao seu alcance, no click do mouse. Esta é uma característica dos leitores movidos a bytes. Eu, de minha parte, ainda prefiro o cheiro de tinta e papel. Apesar do mundo vasto que a internet oferece, ainda prefiro o contato “corpóreo” com o jornal. A sensação é inigualável.

A língua ao seu dispor
Estudantes de comunicação de todo o país e de Roraima, em especial, contam hoje com duas revistas que considero bastante interessantes para quem quer manejar bem a língua portuguesa. Trata-se dos periódicos Língua Portuguesa, da Editora Segmento, e Discutindo Língua Portuguesa, da Editora Escala Educaional. As duas revistas trazem, mensalmente, matérias diversas com curiosidades sobre escritores de língua portuguesa, a situação dos países lusófonos, os neologismos trazidos pela tecnologia – leia-se o uso da informática e da internet no processo de escrita – e nunca faltam matérias sobre linguagem e textos jornalísticos. A Discutindo Língua Portuguesa mais recente traz, por exemplo, uma matéria sobre o uso da linguagem literária nas grandes reportagens. Já o periódico da Segmento tem como destaque de capa da sua primeira edição de 2007 o artista pernambucano multifacetário, Antônio Nóbrega. Considero as duas revistas pérolas preciosas que há muito tempo deveriam ter surgido no cenário editorial brasileiro. Esta é uma forma de manter contato com a principal ferramenta de trabalho do jornalista, de uma forma suave e extremamente agradável. Leio e recomendo. Vale a pena, pode ter certeza.

Abrindo o debate
Recebi ontem, do jovem e talentoso radialista e estudante de Comunicação Social, Iohann Barbosa, algumas considerações sobre a coluna IMPRENSA URGENTE. “Tem muita gente lendo e discutindo sua coluna”, disse-me ele. Segundo Iohann, os assuntos abordados estão despertando uma discussão salutar nos meios jornalístico e acadêmico roraimenses. Esse é, como já salientamos em uma edição passada, o primeiro e único objetivo deste espaço. Queremos que os profissionais e a sociedade discutam a atuação da imprensa. Trata-se de um hábito bastante salutar. Principalmente hoje, quando os leitores/ouvintes/telespectadores são vistos quase que exclusivamente como dados estatísticos para convencer os clientes a anunciarem nos veículos. Se a discussão está ocorrendo, é sinal que o nosso objetivo está sendo alcançado. Motivo de alegria, portanto.

Leave your vote

Comentários

0 Comentários

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend