Jucá como candidato a prefeito. Será que eles ousariam?

A enquete que fiz no Twitter sobre o que os internautas (meu público pelo menos) pensam sobre uma eventual e hipotética candidatura do ex-senador Romero Jucá (MDB) à Prefeitura de Boa Vista mostrou que o emedebista está em baixa na preferência do eleitorado. Somando-se as respostas Não Votaria (40,6%) e Deus me livre (de votar, 15,6%), Jucá tem uma rejeição de 56,2% das pessoas que responderam a enquete. Outros 31,3% disseram que votariam no ex-senador se fosse candidato a prefeito da Capital. 12% dos entrevistados disse não saber.

Aí você deve estar pensando: este jornalista “pirou na batatinha” ao ventilar a possibilidade de uma candidatura de Jucá a prefeito a essa altura do campeonato, quando já temos 11 candidatos registrados e fazendo campanha. Não, meus caros. Não pirei na batatinha, não. O que ocorre é o seguinte: tenho recebido informações de bastidores de que poderia haver a troca de candidatos na coligação “O Trabalho Continua”. Esses comentários são bastante intensos, inclusive, entre vereadores da Capital.

Informo no entanto que o pessoal da assessoria de campanha do Arthur Henrique (MDB) nega qualquer hipótese nesse sentido. Também é claro que eles não iriam confirmar uma informação dessas exatamente para este editor. Mas o fato é que onde há fumaça a fogo.

Eu tenho a minha tese particular. Penso que a estratégia, se estiverem estudando essa possibilidade, é a seguinte: manter a candidatura do Arthur Henrique durante a maior parte da campanha para, depois, se for este o caso, fazer a troca por Jucá. Assim, poupa-se a imagem e o nome do ex-senador do desgaste e das críticas que fatalmente ele sofreria, caso tivesse sido lançado candidato desde o início da campanha.

E não venham dizer que estou plantando Fake News. Afinal, isso aqui não é notícia. É análise de informações que correm nos bastidores. É projeção sobre um futuro hipotético. E isso faz parte da minha função de observador político. Repito: o quartel general do MDB nega a possibilidade de troca de candidato.

No mais, a legislação eleitoral prevê a troca de candidatos em várias situações. De acordo com a Resolução nº 23.405 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), art. 60, “é facultado ao partido político ou à coligação substituir candidato que tiver seu registro indeferido, inclusive por inelegibilidade, cancelado ou cassado, ou, ainda, que renunciar ou falecer após o termo final do prazo do registro”.

Ainda no ano passado, eu escrevi aqui mesmo, no Blog, que Jucá é o melhor e o pior nome do seu grupo político para disputar a prefeitura de Boa Vista. Ele é o melhor nome porque, goste-se ou não, estamos falando de uma liderança política com densidade eleitoral, bases montadas, um número considerável de seguidores/simpatizantes, além de ser um político experiente.

Por outro lado, é o pior nome porque está com a imagem corroída pelas denúncias de corrupção (vendas de Medidas Provisórias) e participação em outros esquemas desvendados pela Operação Lava Jato. Jucá também tem um perfil legislativo e não executivo. Isso significa que o eleitor vota nele bem para Senador, por exemplo, mas não votaria para cargos de prefeito e governador.

Eis, enfim, o motivo da enquete que fiz no Twitter, cujo resultado você pode conferir abaixo:

Você votaria no ex-senador Romero Jucá para prefeito de Boa Vista? (Depois respondo o motivo da enquete) 😁
— 𝕃𝕦𝕚𝕫 𝕍𝕒𝕝𝕖𝕣𝕚𝕠 em 🏡 (@Luiz_Valerio)
October 3, 2020

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Conversar no WhatsApp

#ArthurHenrique #PolíticaemRoraima #EleiçõesMunicipais #DisputaEleitoral #Eleições2020 #RomeroJucá #TeresaSurita

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: