Jucá gostaria de ser candidato, mas diz que não vai disputar prefeitura de Boa Vista. Rejeição é alta

Como a história política de Roraima tem mostrado ao logo das últimas duas décadas, pelo menos, não se pode confiar muito nas palavras do ex-senador Romero Jucá (MDB). O ex-senador roraimense veio a público numa Live realizada no dia 9 de Julho, data do aniversário de Boa Vista, para garantir que não será candidato a prefeito da capital.

O fato é que, ainda na semana passada, pessoas entendidas da política afirmaram para este blog que Jucá estaria esperando a hora certa para se lançar candidato. Como eu escrevi, ainda no ano passado aqui no Blog, Jucá é ao mesmo tempo o melhor e o pior nome do seu grupo para concorrer à sucessão de Teresa.

Porém, caso resolva sair do ostracismo político aparente (ele continua atuando nos bastidores), Jucá pode atrair novamente contra si uma enxurrada de críticas e o reavivamento das denúncias do seu envolvimento nos esquemas de corrupção desnudados pela a Operação Lava Jato.

campanha julho cathedral

Seria uma espécie de retorno ao inferno astral político vivido por 2017-2018, quando não saia das manchetes políticas em decorrência da atuação da Força Tarefa de Curitiba. Exatamente o que lhe fez perder as eleições de 2018. Rejeição absoluta.

live_romero_juca
Em live comemoratida aos 130 anos de Boa Vista, Jucá diz que não será candidato a prefeito da capital roraimense

A live da qual participou, junto com a prefeita Teresa e o vice-prefeito Arthur Henrique, parece indicar que o pupilo Arthur será mesmo o nome escolhido para disputar a prefeitura da capital roraimense.

Eu ainda digo que o vereador Zélio Mota seria uma aposta mais acertada, pois além de fiel ao grupo de Jucá e Teresa, Mota pertence à família tradicional de Roraima e tem mais traquejo político.

Fiquei sabendo de fontes confiáveis que existem pesquisas feitas para consumo interno do grupo político de Jucá (ou pelo MDB) que apontam ele, Jucá, como o nome mais robusto do seu grupo para a disputa pelo Palácio 9 de Julho. Mas, ao mesmo tempo, é o nome com maior rejeição. É por isso que ele afirmou que não vai encarar o desafio de concorrer.

Por outro lado, a Live do último dia 9 de julho indica que a largada para a eleições está dada.

Faço um adendo: outra coisa que ficou evidente no episódio da Live de Jucá foi que o outrora fiel escudeiro do político, deputado Jalser Renier (Solidariedade), virou-lhe as costas e agora o trata de forma jocosa como “o ex-senador e o ex-marido”. Antes, eram parceiros inseparáveis. Amigos de traquinagens políticas. Coisas da política roraimense.

Fale com o editor

Leia mais conteúdo

 716 total views,  1 views today

Leave your vote

Comentários

0 Comentários

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend