quinta-feira , fevereiro 20 2020
Início / Blog do Luiz Valério / Ministério Público de Roraima completa 28 anos de instalação
ministério-publico-de-roraima
A primeira reunião extraordinária do Colégio de Procuradores deste ano teve tom comemorativo aos 28 anos do Ministério Público de Roraima

Ministério Público de Roraima completa 28 anos de instalação

O Ministério Público do Estado de Roraima completou nesta quarta-feira (5 de fevereiro) 28 anos de instalação no Estado. O marco da instalação definitiva do Órgão Ministerial e, consequentemente, do sistema de Justiça em Roraima, se deu no dia 5 de fevereiro de 1992, ocasião em que tomaram posse os primeiros Promotores de Justiça da Instituição.

Em outubro de 1992, o então Governador de Roraima, Ottomar de Sousa Pinto, nomeou o primeiro Procurador-Geral de Justiça eleito pela Classe, Doutor Fernando José Araújo Ferreira.

As comemorações alusivas ao aniversário do Ministério Público Estadual neste ano, ficarão concentradas na próxima semana, de 10 a 14 de fevereiro, quando serão realizadas várias atividades internas, palestras de Promotores de Justiça em 17 instituições de ensino da capital e o primeiro Congresso Estadual do Ministério Público de Roraima.

No entanto, este dia 5 de fevereiro não passou despercebido. A primeira reunião extraordinária do Colégio de Procuradores, em 2020, teve tom solene com o descerramento das fotografias expostas na Galeria de Ex-Procuradores Gerais de Justiça, momento em que a Procuradora-Geral de Justiça Janaína Carneiro Costa fez a nominata de todos Membros do Ministério Público que estão em atividade, de acordo com o concurso público de cada um.

A Galeria foi revitalizada com as fotografias dos dois últimos Procuradores-Gerais de Justiça, Fábio Bastos Stica e Elba Christine Amarante de Moraes. Inaugurado em 2007, quando a Instituição completou 15 anos, o espaço representa a história do Ministério Público do Estado e uma homenagem aos Procuradores-Gerais de Justiça que chefiaram o Órgão Ministerial até aqui.

“Pertencer a uma instituição forte e aguerrida é motivo de orgulho. Nosso MPRR completa 28 anos e tem se destacado pela independência e dedicação na tutela dos direitos da sociedade. Muitos são os desafios, mas unidos temos vencido cada um deles sem nunca perder de vista nossa missão constitucional”, declarou a Procuradora-Geral, Janaína Carneiro Costa.

Para o Procurador de Justiça Fábio Stica, que foi Conselheiro Nacional do Ministério Público (CNMP) em Brasília, nos últimos 4 anos, há motivos para se comemorar a data.

“Sempre falei no Conselho Nacional que somos o menor Ministério Público do Brasil numericamente, mas, sem nenhum medo errar, qualitativamente estamos nas cabeças do Ministério Público brasileiro. Temos motivos sim, todos nós aqui, para termos orgulho da Instituição à qual pertencemos”, destacou o Procurador.   

Com 10 Procuradores de Justiça, 43 Promotores de Justiça e 268 servidores, o Ministério Público do Estado lança um olhar para o futuro, seguindo a missão de defender a ordem jurídica, o regime democrático, os interesses sociais e individuais indisponíveis, a fim de garantir o bem-estar da sociedade roraimense, sempre promovendo os direitos humanos fundamentais.

Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público de Roraima

Leave your vote

0 Reviews

Write a Review

Comentários

0 Comentários

Sobre Luiz Valério

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense. Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Confira também

sergio moro congresso mp

‘Justiça não deve tolerar indivíduos corruptos poderosos em cargos elevados’, diz Moro

Em seu discurso Sérgio Moro afirmou que os casos de indivíduos corruptos poderosos que ocupam cargos elevados não devem ser tolerados. “É uma afronta institucional à nossa sociedade e à nossa democracia”, afirmou. A fala de Moro pareceu um recado para os magistrados roraimenses.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend