Novo ministro da Saúde defende unir esforços com estados e municípios

O médico cardiologista Marcelo Queiroga, indicado para ser o novo ministro da Saúde, e o atual ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, falam à imprensa no Ministério da Saúde.

O novo ministro da Saúde, o médico Marcelo Queiroga, realizou nesta terça-feira sua primeira reunião de transição no Ministério da Saúde.

A substituição de Eduardo Pazuello pelo médico foi confirmada na segunda-feira pelo presidente Jair Bolsonaro.                            

Marcelo Queiroga disse que vai dar continuidade ao trabalho que estava sendo realizado por Pazuello no combate à pandemia.

O então ministro, Eduardo Pazuello, disse que toda a transição está sendo preparada.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, também esteve na reunião, e pediu para que professores façam parte do grupo prioritário na vacinação contra a Covid.

O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, é paraibano e tem 55 anos. O médico é o atual presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia.

Ele vai ser o quarto ministro da Saúde da gestão Jair Bolsonaro. Antes vieram Luiz Henrique Mandetta, Nelson Teich e Eduardo Pazuello.

A nomeação do novo ministro da Saúde deve sair em edição extra do Diário Oficial.

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: