Ottaci é condenado pela Justiça Eleitoral por divulgação de pesquisa irregular

 Ottaci é condenado pela Justiça Eleitoral por divulgação de pesquisa irregular

O candidato Ottaci Nascimento foi condenado por propaganda irregular

Compartilhe nosso conteúdo!

O candidato à Prefeitura de Boa Vista, Ottaci Nascimento (Solidariedade), foi condenado pela Justiça Eleitoral a pagar uma multa de R$ 53.205,00 por divulgar pesquisa irregular em suas redes sociais (Instagram).

Conforme a sentença, no dia 19 de outubro de 2020, a Coligação “O trabalho continua”, do candidato, Arthur Henrique (MDB), protocolou ação na 1ª Zona Eleitoral, acusando o candidato a prefeito pelo Solidariedade de divulgar na rede social Instagram uma pesquisa sem os dados obrigatórios exigidos no Art. 10 da Resolução n° 23.600/2019.

A pesquisa indicava um suposto empate técnico inverídico, “denotando a falsidade dos dados propagados pelo representado”.

Diz um trecho da decisão condenatória contra Ottaci:

“De acordo com as imagens publicadas pelos Representados, os candidatos Ottaci e Arthur Henrique estariam empatados na pesquisa realizada pelo IBOPE, ambos com 26% das intenções de voto. No entanto, a pesquisa divulgada pelo IBOPE (RR 02623/2020) apresenta os seguintes resultados: ARTHUR HENRIQUE (28%) e OTTACI (23%). Verifica-se que, de fato, os dados publicados pelos Representados não condizem com os resultados da pesquisa, sendo assim, restou configurada a divulgação de pesquisa com resultados percentuais inverídicos com a finalidade de influenciar a intenção de voto do eleitorado”.

Mais adiante, o julgador escreve sua decisão pela condenação do candidato do Solidariedade, citando como exemplo um caso similar de divulgação de pesquisa irregular pelo WhatsApp com igual decisão adotada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Pernambuco

“JULGO PROCEDENTE a presente representação para CONDENAR cada um dos representados em R$ 53.205,00 (cinquenta e três mil, duzentos e cinco reais), pena mínima legal, com base no art. 487, inciso I, do CPC, aplicado subsidiariamente aos feitos eleitorais. P.R.I. Após o trânsito em julgado, arquive-se. Boa Vista/RR, data conforme assinatura eletrônica. pontuado pela Procuradoria Regional Eleitoral, que o vídeo veiculado pelos representados e recorrentes tem costuras de pesquisa eleitoral”.

Eis o desfecho da decisão:

“Nessa toada, diante dos parâmetros estabelecidos pelo legislador, observo que a sanção imposta restou estabelecida no seu patamar mínimo, de forma que, diante da confirmação da prática de divulgação de pesquisa sem prévio registro, não se afigura possível a diminuição da multa aplicada, consoante posicionamento do Tribunal Superior Eleitoral”.

Envie sua sugestão de pauta para o Blog

Digiqole ad

Comments

0 comments

Luiz Valério

http://luizvalerioblog.wordpress.com

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, Região do Cariri (CE). Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Leia mais conteúdo

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Está no ar o novo episódio do Podcast Direto ao Ponto - Bastidores do primeiro turno e as arrumações para o segundo em Boa VistaOUÇA NO SPOTIFY
+
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x