sábado , janeiro 25 2020
Início / Agricultura em Roraima / Palma Plan inicia projeto de geração de energia limpa para Roraima

Palma Plan inicia projeto de geração de energia limpa para Roraima

Uma das seis empresas vencedoras do leilão realizado no dia 31 de maio para a geração de energia renovável em Roraima, a empresa Palma Plan (do grupo Óleo Plan, do Rio Grande so Sul) se preparara para iniciar a transformação de óleo de dendê em energia elétrica, que será fornecida à distribuidora Roraima Energia.

Giovani Cruz, diretor de operações da Palma Plan, disse em entrevista ao blog que a industria de extração de óleo do dendê começa a operar neste segundo semestre. Já as operações para geração de energia limpa devem ser iniciadas em janeiro de 2021. O edital do leilão realizado pelo Ministério de Minas e Energia estabelece que as empresas vencedoras têm até o final do semestre daquele ano para começar a gerar energia renovável.

A Palma Plan opera em Rorainópolis, no Sul de Roraima, desde 2008. A empresa traz para o estado a expertise na geração de energia renovável já testada nos estados do Rio Grande do Sul e no Ceará, onde produz energia eólica, com capacidade de geração de aproximadamente 200 MW. A Palma Plan vai implantar em Roraima um projeto inspirado em iniciativas semelhantes existentes na África, Itália e Japão.

“Nós percebemos que podemos fazer parte da solução para o problema da carência de energética do estado. Aqui em Roraima, queremos contribuir com o desenvolvimento e a transformação da comunidade onde atuamos, seja retendo o produtor rural no campo seja criando oportunidades de trabalho para os jovens, afirmou.

A Palma Plan gera hoje 170 empregos e a previsão é que em breve esse número sua para 300 trabalhadores contratados

Com sua operação na Vila Equador, em Rorainópolis, a Palma Plan gera hoje em torno de 150 empregos. A a expectativa é que sejam empregados mais 80 trabalhadores para executar o projeto de geração de energia. Espera-se, assim, em breve chegar aos 300 empregos gerados. “Nós queremos estar inseridos socialmente na região em que nossa empresa tua”, disse.

De acordo com Giovani Cruz, a empresa elaborou um projeto arrojado para gerar energia elétrica a partir do óleo do dendê, antes de ele ser transformado em biocombustível, com o motores de média rotação. Segundo ele, a empresa sair um pouco do seu planejamento inicial para associar a extração do óleo de dendê com a geração de energia renovável.

“Nós queremos ser uma solução para a geração de energia desde a fotossíntese até a tomada, gerando emprego e contribuindo para a transformação da sociedade onde estamos inseridos”, disse Giovani para quem “a situação de Roraima hoje, que depende de termelétricas, é insustentável do ponto de vista ambiental”.

Confira a entrevista de Giovani Cruz a este blogueiro:

0 Reviews

Write a Review

Sobre Luiz Valério

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense. Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Confira também

Haroldo Cathedral libera R$ 993 mil para obras na Vila Equador em Rorainópolis

Nesta semana, Haroldo Cathedral liberou, através de forte gestão no Ministério do Desenvolvimento Regional, o aporte de R$ 993 mil, que serão executados na conclusão da obra de pavimentação, drenagem e calçamento Distrito do Equador, no município de Rorainópolis, Sul do Estado.