Para Sinter, PL 5595/20 que defende retomada de aulas presenciais é ‘negacionista’ e ‘genocida’

paulo tadeu, diretor de comunicação do sinter
Paulo Thadeu disse que a proposta da base aliada do governo federal é “genocida”

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Roraima (Sinter) repudiou a decisão da maioria do plenário da Câmara dos Deputados que votou na ultima terça-feira (13 de abril), o requerimento de urgência do Projeto de Lei (PL) 5595/20. Com isso, a proposta que permite reabrir as escolas e faculdades durante a pandemia poderá ser pautada a qualquer momento.

A votação do requerimento de urgência recebeu 307 votos favoráveis e 131 contrários.
Para o Diretor de Comunicação o Sinter, professor Paulo Thadeu Franco das Neves , a proposta da base aliada do governo federal é “genocida”.

“Nós trabalhadores em educação defendemos o retorno sim das aulas presenciais, mas com a condição de que toda a categoria dos educadores esteja vacinada “, disse .

Segundo Thadeu , a falta de vacina e o negacionismo do Governo Federal e seus aliados no combate a pandemia só provoca o repúdio por parte dos professores

“Pedimos aos trabalhadores que façam postagens dos cards sobre o assunto nas redes sociais e que possamos pressionar a bancada federal de Roraima a rejeitar tal medida. Retorno às aulas presenciais, só depois de vacinados “, afirmou .

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: