Parlamentares roraimenses votam pela proibição do uso de gravação ambiental como provas de crimes

Plenário durante sessão conjunta do Congresso Nacional.

A maioria dos deputados (313) e senadores (50) votou pela derrubada do veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, à regra do pacote anticrime que impede o Ministério Público e as vítimas de usar gravações ambientais como provas para condenar criminosos. Entre os que rejeitaram o veto de Bolsonaro estão seis parlamentares roraimenses.

Com a derrubada do veto, somente a defesa dos réus poderá fazer uso de vídeos e áudios que registram um crime. Da bancada federal roraimense, votaram contra o veto presidencial os deputados Haroldo Cathedral (PSD), Hiran Gonçalves (Progressistas), Jhonatan de Jesus (Republicanos), Ottaci Nascimento (Solidariedade) e Shéridan Oliveira (PSDB). Dos senadores de Roraima, apenas Mecias de Jesus (Republicanos) teve o mesmo entendimento e votou pela derrubada do veto.

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: