Polícia Federal prende 4 empresários na segunda fase da Operação Tântalo

Quatro empresários roraimenses foram presos pela Polícia Federal na manhã desta quinta-feira (4 de julho), na segunda fase da Operação Tântalo. Eles são acusados de desvio de recursos públicos da merenda escolar em Roraima. Foram presos um homem e três mulheres, conforme informou o G1 Roraima.

Foram expedidos quatro mandados de prisão preventiva e nove de busca e apreensão pela 4ª Vara da Justiça Federal em Roraima. No cumprimento dos mandados, foram apreendidos um caminhão e oito carros, alguns deles de luxo.

A justiça também determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal dos envolvidos, além do sequestro de bens e bloqueio de valores em até R$ 5 milhões.

Só recordando: a primeira fase da Operação Tântalo foi desencadeada em dezembro de 2018 e resultou na prisão do então secretário adjunto do Gabinete Institucional (Segabi) do Governo de Roraima, Shiská Palamitshchece Pereira, e outras três pessoas.

A investigação mostrou que empresas envolvidas no esquema estariam tentando obter novos contratos com o governo buscando participar de outros processos licitatórios. Os desmandos investigados pela PF aconteceram durante a gestão da ex-governadora Suely Campos.

Imagem: Divulgação/Polícia Federal

Leave your vote

Comentários

0 Comentários

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend