Polícia prende 5 por furto qualificado e esclarece crimes em empresas

Polícia prende brasileiros e venezuelanos acusados de furto qualificado e arrombamentos a lojas
Polícia prende brasileiros e venezuelanos acusados de furto qualificado e arrombamentos a lojas

O Departamento de Polícia Judiciária da Capital (DPJC) e policiais que integram o Setor de Investigação e Operação (SIOP) do 1º, 2º, 3º e 5º Distrito Policial realizaram uma operação conjunta que resultou na prisão em flagrante de cinco pessoas que arrombaram, invadiram e furtaram um estabelecimento comercial no Centro de Boa Vista.

Ao prender os cinco acusados, os policiais conseguiram esclarecer a autoria de crimes similares praticados contra cinco estabelecimentos comerciais, localizados na área central de Boa Vista.

Na manhã desta sexta-feira (26 de março) a equipe Alpha do 1º DP foi acionada pelo diretor do DPJC, delegado Fernando Olegário, para apurar o furto ocorrido durante a madrugada na Loja Amora, no Centro de Boa Vista. A ação tramitou durante todo o dia de hoje e se encerrou por volta das 21 horas.

A partir daí foi montada uma força-tarefa composta por policias dos diversos departamentos envolvidos que, por meio das imagens do sistema de câmeras, identificaram os possíveis autores e de imediato começaram as diligências para localizá-los.

Os policiais localizaram o brasileiro D. V. S., apelidado de “Cara de Cachorro”, de 28 anos, no Bairro Caetano Filho, o popular Beiral. O homem confessou ter participado do furto e já indicou seus parceiros no crime, sendo eles os venezuelanos: N. L. G, apelidado de “Caracão”, de 38 anos e A. J. O. D., de 46 anos.

Em seguira foram presos os venezuelanos J. F. F. C., de 37 anos e J. D. H G., de 36 anos. Os cinco homens confessaram ter participado do furto na Loja Amora. Os policiais confirmaram também a participação de uma mulher, que já está identificada, porém não foi localizada.

Acusados confessaram outros crimes

As investigações confirmaram que os infratores J. D., J.F., D. V. e N. G. participaram do furto ocorrido na loja OI, localizada na Avenida Ene Garcez, de onde furtaram oito aparelhos de telefones celulares e uma TV LED de 55 polegadas.

Os infratores J D. e J. F., também são apontados como autores do furto ocorrido na Lola Sport e CIA, localizada na Avenida Santos Dumont, de onde levaram várias roupas esportivas. Neste caso ainda existe a participação de uma terceira pessoa, que é uma mulher que já está identificada, porém não foi localizada.

Estes dois homens também são apontados como autores do furto ocorrido na Loja Versátil, na Avenida Ville Roy, de onde levaram várias roupas masculinas.

No último dia 22, o brasileiro D. V., furtou o celular de uma vendedora ambulante na Avenida Jaime Brasil. A vítima falava ao telefone, quando foi surpreendida pelo homem que tomou o celular e saiu correndo. Populares perseguiram o acusado, que foi preso, entregue a uma guarnição da Guarda Civil Municipal e apresentado na Central de Flagrantes. Contra ele foi lavrado um APF (Auto de Prisão em Flagrante), mas recebeu alvará de soltura na Audiência de Custódia.

O delegado titular do 1º DP, que presidiu as investigações Clayton Ellwanger, destacou que os cinco indivíduos fazem parte de uma organização criminosa, onde cada um tem sua função na realização dos fatos criminosos. Em todos os crimes, eles tinham uma forma de agir: quebram os vidros dos estabelecimentos com pedras, invadem o local e praticam os furtos.

“Todos os crimes praticados por eles ocorreram na área Central de Boa Vista. Estes homens há muito tempo realizavam furtos nesta área. Consideramos que a investigação foi um sucesso, pois conseguimos prender os infratores, que confessaram o crime e apreendemos vários objetos furtados”, disse o delegado.

Pelo fato praticado contra a Loja Amora, os cinco homens foram autuados em flagrante por crime de furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo e associação criminosa. Eles foram entregues na Custódia da Polícia Civil e serão apresentados neste sábado, 27, na Audiência de Custódia. Pelos demais crimes, eles serão indiciados, uma vez que não foram presos em flagrante por esses casos.

Informações e fotos | Ascom/Polícia Civil RR

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: