Projeto aprovado pela ALERR coloca profissionais de educação no grupo prioritário para vacinação contra Covid

Deputado Evangelista Siqueira
Evangelista citou o exemplo de outros estados do país que retornaram às aulas antes da imunização das equipes escolares

Professores e profissionais da educação que trabalham em ambiente escolar agora fazem parte do grupo prioritário para receber a vacina contra a Covid-19. Os deputados estaduais de Roraima aprovaram na sessão plenária desta quarta-feira (12 de maio) o Projeto de Lei nº 007/2021 que inclui essas categorias de servidores entre aqueles que podem receber primeiro a imunização contra a doença.

A proposta, de autoria do deputado Evangelista Siqueira (PT), foi aprovada com 17 votos favoráveis. O texto prevê que nenhum profissional que atue na educação estadual é obrigado a retornar aos trabalhos presenciais, caso não tenha recebido a vacina contra Covid-19.

O parlamentar explicou que sua proposta leva em consideração que desde 2019 os professores são incluídos no grupo prioritário de vacinação contra a influenza (gripe), portanto a categoria também deve receber o imunizante contra o coronavírus.

“Da zeladora ao diretor da escola, todos devem receber a vacina e, assim, as aulas poderão retornar de forma segura para os alunos e professores”, frisou o parlamentar.

Evangelista citou o exemplo de outros estados do país que retornaram às aulas antes da imunização das equipes escolares, e que registram um aumento no número de professores contaminados. “As medidas preventivas adotadas no Estado do Amazonas não foram suficientes para conter o avanço do contágio, e centenas de professores foram contaminados”, lembrou.

O deputado estacou ainda que muitas escolas não têm condições de cumprir com as normas sanitárias estabelecidas pelos órgãos de saúde. “Com a imunização de todos os profissionais da educação, as escolas poderão retornar às atividades e o calendário escolar poderá ser recuperado”, justificou.

Todos os profissionais da rede pública estadual de ensino devem ser imunizados antes do retorno das aulas presenciais, e as despesas da execução da lei devem ser arcados pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesau). Com a aprovação em plenário, o projeto segue para sanção ou veto governamental.

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: