Roraima em busca da vacina contra a Covid-19

A expectativa pela chegada da vacina contra a Covid-19 é grande neste início de 2021. Assim como outras unidades da federação, o Governo de Roraima, por meio da Secretaria de Saúde (Sesau), está empenhado em garantir que a população roraimense tenha acesso à vacina o mais breve possível.

Na segunda-feira (4 de janeiro), representantes de Roraima participaram de uma reunião técnica na sede do Programa Nacional de Imunização (PNI), em Brasília. O secretário adjunto de Saúde, Alexandre Salomão, representou o Estado no encontro, junto com a coordenadora adjunta do PNI, Adriana Regina Farias Pontes Lucena.

“Essa é uma das primeiras medidas adotadas pela Sesau, atendendo à preocupação do governador Antonio Denarium em garantir que Roraima tenha uma resposta rápida em relação à vacinação contra a COVID-19. Nos sentimos otimistas ao sermos atendidos pelo MS que sinalizou de forma positiva sobre o pedido dessa reunião”, disse Salomão.

O secretário explicou as peculiaridades fazem de Roraima uma das regiões prioritárias no PNI, entre elas, a situação de vulnerabilidade da população indígena, as dificuldades geográficas, o aumento crescente da população, o nível de adoecimento do Amazonas, entre outros aspectos importantes que devem ser avaliados com cautela pelo Governo Federal.

“Explicamos todos os desafios enfrentados pelo nosso Estado, entre eles, a questão de Roraima ter apenas um hospital de retaguarda para atender às demandas de pacientes brasileiros e estrangeiros, bem como o crescente fluxo migratório que aumenta a necessidade de cuidados em relação à capacidade de tratamento nas unidades hospitalares, ou seja, fatores importantes que deixam o Estado em uma situação prioritária”, disse.

Segundo Salomão, o primeiro dia útil do ano foi usado para tentar sensibilizar o Ministério da Saúde de que Roraima precisa ser olhado de forma diferenciada e tenha, assim, prioridade na campanha. “Foi um debate importante e produtivo, pois a representante do PNI demonstrou muita atenção ao que apresentamos e nos garantiu que Roraima terá condições de realizar a vacinação de forma segura, já definindo como prioridade a vacinação para a população indígena e profissionais de saúde”, explicou.

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: