Roraima tem 14 novas Unidades de Produção registradas em Boa Vista e Rorainópolis

Catorze novas Unidades de Produção de manga, goiaba e laranja foram cadastradas pela A Agência de Defesa Agropecuária (Aderr) em Roraima. Destas, 11 são em Boa Vista e três em Rorainópolis. Somadas, as Unidades chegam a 268,56 hectares de área plantada, com produção estimada em 6.918 toneladas.

O registro junto ao órgão fiscalizador vai possibilitar aos produtores dessas localidades terem a certificação fitossanitária de origem, que permite que os frutos produzidos sejam comercializados em todo o Brasil.

Dessa forma, Roraima passa a contar com 52 Unidades de Produção. Os plantios são diversificados, além de frutas como laranja, limão tahiti, tangerina, manga, goiaba e tomate, também produzem pimenta de cheiro e pimenta murupi.

campanha julho cathedral

Esse registro junto à Aderr também torna possível, quando os plantios têm o acompanhamento de um responsável técnico e obedecem às exigências da legislação quanto ao combate de pragas quarentenárias, a comercialização da produção em todo o Brasil.

O agricultor interessado em registrar sua produção deve contratar um responsável técnico habilitado pela Aderr. Esse profissional cuidará de todo processo de inscrição desse plantio e fará acompanhamento das práticas culturais, monitoramento e controle de pragas. Assim é possível atestar a origem e sanidade da produção por meio da emissão do certificado fitossanitário de origem.

Marcelo Parisi, chefe da Diretoria de Defesa Vegetal da Aderr, explicou que a fiscalização nessas Unidades de Produção são realizadas pelo núcleo de Certificação Fitossanitária de Origem de forma permanente.

Segundo Parisi, a supervisão constante compreende às ações dos responsáveis técnicos no cumprimento da Lei Estadual de Vegetal e das Instruções Normativas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

“As fiscalizações são direcionadas ao combate das pragas quarentenárias como a mosca da carambola, cancro cítrico e ácaro hindustanicus variando conforme o produto certificado. Isso tudo para garantir uma produção de qualidade para que Roraima continue com uma agricultura pujante, e as pessoas possam consumir alimento saudável”, destacou.

Roraima também possui sete Unidades de Consolidação ativas, destinadas ao beneficiamento e tratamento dos frutos produzidos nas Unidades de Produção. Um conglomerado de partidas proveniente de lotes certificados, envolvendo produtores dos municípios de Boa Vista, Mucajaí Caracaraí, São Luiz do Anauá e Rorainópolis.

Fale com o editor

Leia mais conteúdo

 333 total views,  3 views today

Leave your vote

Comentários

0 Comentários

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend