Seplan traça plano de retomada gradual de atividades turísticas em Roraima

 Seplan traça plano de retomada gradual de atividades turísticas em Roraima

Conforme secretário de Planejamento, Marcos Jorge, a retmada das atividades turpisticas deve ser dar de forma gradual a partir de junho

A Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento (Seplan), por meio do Detur (Departamento de Turismo), elaborou um plano de retomada da atividade turística em Roraima, com ações de fortalecimento e promoção desta área do comércio, aliadas aos cuidados necessários no combate ao novo Coronavírus.

O plano foi apresentado ao Fórum Estadual de Turismo, por videoconferência, nesta sexta-feira (8 de maio), com a participação de todos os conselheiros, que sinalizaram muito positivamente e decidiram favorável ao documento.

A ideia é que a retomada das atividades aconteça de forma gradual, com previsão a partir da segunda quinzena de junho, mas observando os efeitos do decreto de calamidade, ou seja, após a cessação dos efeitos do decreto e a queda da COVID-19.

A proposta traz um rol de medidas efetivas que tem por objetivo não só promover ações que acelerem a retomada do turismo em Roraima, como também impedir o contágio da doença nas atividades envolvidas com o setor.

Durante a videoconferência, o secretário de Planejamento, Marcos Jorge, aproveitou para pontuar o trabalho que vem sendo feito junto às instituições de crédito, para que se tenha uma melhor oferta ao trade turístico do Estado.

“Nós estivemos em diálogo na última semana com o Banco da Amazônia, que por sinal nos informou que as parcelas para aqueles que já possuem operações junto ao banco foram suspensas, com retorno de pagamento somente para janeiro do ano que vem, possibilitando um espaço de tempo para que as empresas tenham um pouco de fôlego”, disse.

A instituição financeira liberou novas operações de crédito para quem desejar tomar por meio do plano do FNO Emergencial, com 2,5% de juros ao ano. “São medidas que temos intermediado para que nossos empresários e empreendedores possam manter seus negócios para a garantia de renda e sobrevivência”, afirmou.

A outra novidade mencionada por Marcos Jorge diz respeito ao recurso liberado pelo Governo Federal que garante R$ 5 bilhões ao Fundo Geral do Turismo, direcionado para empresas que estejam devidamente cadastradas no Cadastur (Sistema Nacional de Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos).

Leave your vote

0 Reviews

Write a Review

Digiqole ad

Comentários

0 Comentários

Luiz Valério

http://luizvalerioblog.wordpress.com

Sou Luiz Valério. Cearense nascido em Juazeiro do Norte, Região do Cariri (CE). Tenho formação em Letras, curso Comunicação Social e atuo como professor e jornalista há 24 anos. Sou Pós-graduado em Comunicação Social, Assessoria de Imprensa e Novas Tecnologias. Atualmente faço uma Pós-graduação em Marketing Digital. Mantenho este blog há 16 anos.

Posts Relacionados

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend