Suspeitos faltam à oitiva relativa ao sequestro do jornalista Romano dos Anjos na DRACO

A Força-tarefa de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (DRACO) da Polícia Civil tentou ouvir na última sexta-feira (9 de abril) oficiais da Polícia Militar arrolados no inquérito que investiga o sequestro e tortura cometidos contra o jornalista Romano dos Anjos, ocorridos em 26 e 27 de outubro de 2020, mas os suspeitos não compareceram à oitiva. Conforme a DRACO, o inquérito encontra-se em fase de conclusão.

Em nota emitida à Imprensa, a Polícia Civil diz que a equipe de investigação que cuida do caso  sofreu uma redução de produção no período de 22 de dezembro de 2020 a 10 de março de 2021, o que resultou no acúmulo de tarefas. 

No entanto, após publicação de nova Portaria (501/2021), “as ações da equipe de investigação voltaram a ocorrer de forma ininterrupta,  inclusive nos feriados e finais de semana”.

Saiba mais sobre o caso Romano dos Anjos

A nota da PCRR diz ainda que algumas diligências relativas a oitivas de pessoas precisaram ser reagendadas, o que resultou em alargamento do prazo final do inquérito policial. 

“Esclarecemos que todas as medidas legais a serem adotadas no caso Romano dos Anjos foram devidamente implementadas pela força-tarefa e em breve o inquérito, que corre em segredo de Justiça, estará formalmente finalizado”, diz o comunicado da DRACO.

Está gostando do nosso conteúdo? Compartilhe nas suas redes!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on pinterest
Pinterest
LUIZ VALÉRIO
LUIZ VALÉRIO

Jornalista e Podcaster. Este Blog, que edito há 18 anos, é uma singela contribuição para a sociedade. É uma espécie de "jornal pessoal" por onde tento provocar o debate sobre assuntos inadiáveis para Roraima e para o Brasil. Também edito o Podcast Direto ao Ponto, que vai ao ar todas as semanas e você também pode ouvir aqui.

Todos os posts

Posts recentes: