Tags : Crise na Venezuela

Bolsonaro decide expulsar diplomatas venezuelanos do território brasileiro

As relações diplomáticas entre o Brasil e a Venezuela estão, de fato, se rompendo. Depois do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, determinar a saída de diplomatas brasileiros de cidades venezuelanas como Caracas, Ciudad Guayana, Puerto Ayacucho e Santa Elena de Uairén, foi a vez do presidente Jair Bolsonaro avisar ao governo da Venezuela que seus diplomatas deverão deixar o Brasil.Leia Mais

Brasil está a um passo de romper totalmente relações diplomáticas com a Venezuela

O Brasil está prestes a romper completamente as relações diplomáticas com a Venezuela. Na manhã desta quinta-feira (5 de março), o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, determinou a retirada de todos os funcionários brasileiros que servem na Venezuela: quatro diplomatas e outros 11 oficiais e assistentes de chancelaria. A informação é do site o Antagonista.Leia Mais

Mecias diz que é preciso solucionar impactos da crise imigratória em Pacaraima para evitar ‘guerra civil’

O senador Mecias de Jesus (Republicanos-RR) durante reunião com o vice-presidente, Hamilton Mourão, e o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, nesta quinta-feira (13 de fevereiro), em Pacaraima, ações urgentes do Governo Federal para solucionar os impactos da crise migratória venezuelana no estado de Roraima. Mecias disse que é preciso agir para evitar "uma guerra civil".Leia Mais

Mourão diz que ida a Pacaraima demonstra preocupação do governo com crise imigratória em RR

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, disse, em conversa com o governador Antônio Denarium, que sua ida dele a Roraima, nesta quarta-feira (12 de fevereiro) demonstra a preocupação do Governo Federal com a questão da imigração. Na quinta-feira (13), será a vez de o ministro Sérgio Moro conhecer o drama humanitário na fronteira.Leia Mais

Denarium vai levar vice-presidente Hamilton Mourão para conhecer situação de Pacaraima

O governador de Roraima, Antônio Denarium, que está em Brasília participando do no primeiro fórum de dirigentes do Executivo de 2020, se solidarizou com a população de Pacaraima em vídeo publicado nas redes sociais nesta terça-feira (11 de fevereiro). Denarium anunciou sua ida, junto com o vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, a Pacaraima para averiguar de perto a situação conflituosa que se estende desde o último final de semana.Leia Mais

Manifestantes decidem fechar BR 174 em Pacaraima até serem ouvidos pelo Governo Federal

O quarto dia de manifestações em Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, nesta segunda-feira (10 de fevereiro) foi tenso. Os moradores bloquearam a entrada e a saída da cidade com barricatas no período da tarde. O comércio aderiu ao movimento, mesmo diante da contrariedade de alguns donos de lojas e supermercados. O fechamento das casas comerciais é recomendado pela organização do movimento para evitar saques e invasões. Os protestos devem prosseguir nesta terça-feira, segundo os organizadores dos protestos.Leia Mais

Situação de Pacaraima é desesperadora, diz vereador

Este domingo (9 de fevereiro) está terminando em Pacaraima com a sensação de indignação da população ainda mais forte. Os moradores da cidade iniciaram, na sexta-feira (7 de fevereiro), atos de protestos contra a entrada indiscriminada de imigrantes vindos da Venezuela, depois que uma adolescente foi estuprada. Os protestos transcorreram durante todo o final de semana. Leia Mais

EM PACARAIMA – Exército manda manifestantes se retirarem da linha de fronteira para evitar conflito com Guarda Nacional Venezuelana

Depois de momentos de tensão ocorridos na manhã deste domingo (9 de fevereiro), quando o Exército Brasileiro determinou que os manifestantes desfizessem a barricata montada na linha divisória do Brasil com a Venezuela, o município de Pacaraima vive um momento de tranquilidade neste começo de tarde, ainda que os manifestantes estejam nas ruas. Foi montada uma tenda na principal rua da cidade, a Rua Suapi.Leia Mais

Embaixada da Venezuela é alvo de ação no MPT por atrasar salário de funcionários no Brasil

No mês de janeiro, este blog publicou que os seis funcionários que trabalham no Consulado venezuelano aqui em Boa Vista, Roraima, estão há dez meses sem receber salário. O site Metrópoles, por sua vez, publicou nesta sexta-feira (7 de fevereiro) que a Embaixada da Venezuela no Brasil também é alvo de ação do Ministério Público do Trabalho (MPT) por não pagar salários de funcionários brasileiros.Leia Mais

Funcionários do Consulado da Venezuela dizem estar passando dificuldades devido a atraso de salários

De acordo com as informações repassadas ao blog por um trabalhador, dois funcionários já tiveram a primeira audiência, mas sem grandes avanços. Isso porque a advogada contrata pelo Consulado alegou que o cônsul Faustino Torella Ambrosini não tem autorização do governo venezuelano para responder legalmente diante da justiça trabalhista. Uma segunda audiência ficou marcada para o próximo dia 5 de fevereiro.Leia Mais

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend