Socorro Guerra desiste de disputar reeleição à prefeitura de Caracaraí

prefeita-socorro-guerra-de-caracaraí

A prefeita de Caracaraí Socorro Guerra desistiu de se candidatar à reeleição na “Cidade Porto” no pleito deste ano. Este é um dos assuntos mais comentados no município. A informação foi confirmada à reportagem na tarde desta quinta-feira (30 de julho) pela própria gestora, que alegou questões de ordem particulares e familiares.

 918 total views,  1 views today

Socorro Guerra reafirma candidatura à reeleição

prefeita-socorro-guerra-de-caracaraí

Opositores e possíveis adversários da prefeita de Caracaraí, Socorro Gerra, no pleito municipal deste ano de 2020 espalham informações segundo as quais a gestora não será candidata à reeleição. No entanto, em conversa com o blog, a prefeita disse que vai, sim, disputar a reeleição. “Eu sou pré-candidata à reeleição, sim”, frisou.

Corrida eleitoral já está a todo vapor em Caracaraí. Diane Coelho tem maior rejeição entre pré-candidatos

disputa-eleitoral-em-caracaraí-sul-de-roraima

O blog teve acesso a uma pesquisa feita apenas para consumo interno, com eleitores do município que mostra Naldo da Farmácia com boas chances. Sua principal adversária na corrida eleitoral deste ano deve ser Diane Coelho, esposa do deputado estadual Odilon Filho. Enquanto o nome de Naldo não tem rejeição, segundo a pesquisa, quase 63% dos entrevistados disseram que não votariam em Diane sob nenhuma hipótese.

Servidores de Caracaraí vão paralisar atividades na quarta-feira

Servidores municipais de Caracaraí decidiram paralisar as atividades na próxima quarta-feira (6 de novembro). De acordo com Massuhan Ferreira, diretor jurídico do Sindicato dos Servidores Públicos do município (Sinspuc), a administração da prefeita Socorro Guerra não vem cumprindo com os acordos firmados com as diversas categorias de servidores.

Imbróglio envolvendo contas rejeitadas pode adiar projeto político de Antônio Reis em Caracaraí

Com 11 anos de atraso, a Câmara Municipal de Caracaraí vai votar as contas rejeitadas pelo TCERR do ex-prefeito Antônio Reis. Uma solicitação do Tribunal de Contas para digitalizar os balancentes ex-gestor, revelou algo que pode ser enquadrado como crime de prevaricação. As contas de Reis estavam desaparecidas. E o mais grave: nunca foram votadas.

Log In

Forgot password?

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.

Send this to a friend